quinta-feira, 21 de março de 2013

Caminhos

A mercê do tempo
que não pára,
entre pedras vou
atravessar montanhas.
Como é escuro o meu caminho...

Renata Rabelo
Poetisa


Nenhum comentário:

Postar um comentário