sexta-feira, 26 de abril de 2013

Eu sou o caos


Sigo entre a confusão de ser aquilo que penso que sou
E de ser quem sou, de fato.
Será que aquilo que penso que sou
É a ilusão daquilo que quero ser?
Ou apenas aquilo que penso que sou
é o medo de querer viver
o ser que quero ser
o ser que quero crer que sou? 

Renata Rabelo 
Poetisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário