sexta-feira, 12 de abril de 2013

O agradecer



Acho incrível como o universo,
sem ao menos nos avisar,
gira e gira sem parar,
nos deixando tontos só a pensar...
Nos encontros,
reencontros,
pedidas,
despedidas.
As boas lembranças que permanecerão.
E toda vez que nelas pensar,
um sorriso se abrirá
como o sol,
que brilha frente ao mar
e pouco a pouco vem dizer
que um novo dia começou.
Que há a fazer,
senão agradecer ao Criador
por toda a criatura,
por tanta beleza,
por tanta doçura.

Renata Rabelo
Poetisa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário