domingo, 19 de maio de 2013

Pingos de saudade


Trocando palavras doces ao telefone
Não pode ver,
Quando dos olhos de sua amada
Escorreram vagarosamente,
Dois pingos de lágrimas
De saudade.

Renata Rabelo
Poetisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário