sábado, 8 de junho de 2013

Entre amigos

Mas porque se calar,
Querer camuflar,
Se sabemos o que há
Sem ao menos revelar?

É estranho eu sei,
Mas não há o que esconder,
O desejo é igual entre eu e você.  

Se iremos nos perder,
Não há como saber
Só o tempo nos dirá
Se for certo o querer.


Renata Rabelo
Poetisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário