quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Coração inocente

Em poesia,
Em canção,
Na contramão da razão,
Sigo o meu coração
Que em voz,
Em violão,
Declarou-se a paixão,
Inocente!

Renata Rabelo
Poetisa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário