sábado, 5 de abril de 2014

Da tua falta

Para sempre te esperarei, amor.
Por ti,
chorarei a saudade que em mim ficou.
Quero lembrar a cada instante do aconchego teu,
enquanto alimento a esperança da volta tua.

Renata Rabelo
Poetisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário